abril 29, 2015

(soltos #1 - 2015)

.
não importam as cidades que percorreste
ou o ouro que delas trouxeste;
admiro as que trazes dentro de ti.



 Abril 2015, 26

.

abril 21, 2015

variação nº5 (das Cartas ao Poeta)




Havia dentro da tua mão uma página que não arde

e nos teus livros ruas claras, cidades inteiras dum astro apenas. Eram corpos diurnos de pedras cujo nome não se diz ou não se sabe,

e no entanto, nelas, nas cidades do corpo, nas pequenas fracções de luz, nos detalhes da tinta do verso,

o pó regressará ao corpo, ao pó, e a cinza à manhã clara que nos deixaste construída na raiz, no sedimento da palavra; tudo permanecerá intacto

apesar da noite ou do dia, apesar da linha das fronteiras no mapa que não arde, apesar da mão onde repousa filtrada, a poeira, a forma, o pigmento vermelho fogo

o teu poema.   


Outubro 2013, 11
(revisto 2015)


abril 07, 2015

se tardio

.


se tardio o fugir da memória,
como  riscar o último fósforo na escuridão
e nele a pedra?

e se por vezes enquanto arde o silêncio, o ténue fôlego da pedra
alojada no corpo, o lenho que não se fez relíquia, e se arde

sustido na respiração como limiar
como espinho, como sopro,  como riscar o fogo
no sono, e no rebento a escuridão?

dizemos:
é tardia a haste da asa, o limiar da asa no canto
do chão. é tardio o silêncio recolhido da enxertia
precária do voo, do vento. é tardia a criança, o hóspede
que brinda em silêncio aos fogos da casa. minto,

a memória não.



Março 2014, 26


.

abril 01, 2015

E “O Timbre e o Silêncio” acontece…






com a mesma espontaneidade com que há cerca de cinco anos, iniciei a partilha dos meus textos poéticos neste A Barca dos Amantes, acontece este volume onde se encontra uma parte substancial dos textos escritos entre os períodos de Outubro de 2009 a Outubro de 2010, em forma de livro, que por se tratar de Edição de Autor, apenas se encontra disponível através dos seguintes contactos:

Conto que em breve estará também disponível em algumas livrarias, em Portugal, pelo que darei novidades neste A Barca dos Amantes ou pela página do livro, no endereço de facebook indicado.


Com um grato,

imenso abraço, sempre!