dezembro 29, 2009

O Espelho Vertebrado





















Procurem-me um passado,

Um pedaço de futuro retardado,
E não me perguntem porquê!

Pago adiantado, dou sinal,
Por uma casa grande onde não nasci,
Por um retrato retocado
Pelos grandes professores que não conheci;
- Com uma pequena montagem
Ali estarão, onde deveriam ter estado.

Procurem-me uma cidade
Onde não tenha que me envergonhar
Das minhas habilitações falsificadas,
Nem passar demasiado tempo a explicar
O porquê afinal, de não saber o
Nada desse distante tempo.
Procurem-me esse instante em todo o lado,
Que possa em qualquer momento ser alterado,
Por necessidade ou por urgência!

Pago em cheque ou numerário,
A biografia dum futuro presidente,
Dum banqueiro anarquista,
Astronauta de Leões Domador ou Trapezista!
- Qualquer coisa serve
Menos a vida dum Deus malogrado;
Pago bem, nem que seja em cheque
Careca em branco ou falsificado,
Por um melhor futuro, por um bem presente
Pelo mais florido dos passados,
Escondido numa escola elegante
Numa moldura de excepção,
Mas atenção:
Quero lá tudo, no meu passado,
Excepto confusão.

Procurem-me um novo passado,
Mas nada de muito complicado:
Basta-me um chá, um mar sem gente,
Um livro somente nessa grande biblioteca,
Uma manta, mil cigarros de verdade,
Daqueles, do tempo em que podia dizer,
Gosto de ser livre só por querer,
O que quero e o que não quero,
- Viver a tempo inteiro,
Sem pisar em quintal alheio.
Isso é que era ouro, um passado verdadeiro!

Procurem-me um futuro, um passado,
Pago bem, em dinheiro ou presentes;
Não me perguntem porquê;
Por ora digo apenas,
Que por muito que procure
Não consigo encontrar o que ainda agora
Trazia comigo!


Castelo Rodrigo, 29 de Dezembro

|imagem: reprodução de The Magic Hand, 1949, Charles Rain|


23 comentários:

BAR DO BARDO disse...

Parece tempo de resgate do porvir...

Bom!

Nívea disse...

'gosto de ser livre só por querer
o que quero e o que não quero'


gostei taanto desses versos...

quando encontrar alguém que receba, que aceite. me fale. Eu tabm pago!

beijos

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Acho que foi um dos seus poemas que mais gostei, Leonardo.
De uma simplicidade profana, e de uma profundidade casta.
Sua leitura está entre meus preferidos.

=)

Helena Castelli disse...

Tão próximo a 2010...

Alguns sonhos realizados e tantos outros guardados em nossos corações.
Mesmo assim... Sonhe muito... Os sonhos fazem o espírito renascer nos envolvendo com um laço de esperança e renovando a força e a coragem para buscarmos os nossos verdadeiros ideais...
No próximo ano, que os seus sonhos lhe sirvam de inspiração para realizar e sentir que a vida é um presente de Deus.
Que todos os dias do Ano Novo sejam especiais para você!

Leonardo, Feliz Ano Novo!
Beijos meus, com carinho.
Helena

Lara Amaral disse...

Dividir a responsabilidade da busca incessante por algo que ainda não sabemos o quê.
O poema auxilia, reparte, e de alguma forma, todos que o leem ajudam na procura desse algo.

Beijos, poeta, um ótimo 2010!

'Ariane .( lla Belle )' disse...

Achei muito legal o seu poema, adorei a forma que usou as palavras.

Beijos

Jiquilin disse...

q leitura gostosa....
da prazer

Rejane disse...

hummmmmmmm...pq não dizer, deliciosas palavras?!



Depois de uma séria e cautelosa consideração,
quero notificar-te que o nosso
"Contrato de amizade"
foi renovado para o novo ano de 2010.

FELIZ ANO NOVO!!
Um caloroso abraço!!
Rejane

"Nunca desvalorize ninguém...
cologue cada pessoa perto do seu coração
porque um dia você pode acordar
e perceber que você perdeu um diamante
enquanto você estava muito ocupado colecionando pedras. "

Mande este abraço para todos que você não quer perder em 2010.

Luis Gomes disse...

Lindo poema. Feliz 2010!!

José disse...

Ó Lionardo,
Só hoje consegui vir dar com os seus blogs,pois clicava em cima da sua foto, e não ia dar a lado nenhum.
Agradece o seu comentário e a mensagem que lá deixou, já estou seguindo o seu blog,e virei passar por aqui muitas vezes.

Um feliz dois mil e dez
um abraço, José

Amanda O. disse...

"Basta-me um chá, um mar sem gente"

Não sei por que, mas esse trecho me fez desatinar aqui...
No mais, feliz ano novo para você.

Obs: Onde assino no contrato?

Cristiano Contreiras disse...

Parabéns pela criatividade e talento, cada blog seu que entrei - me deparei com um incrível dom de conceituar e contextualizar as palavras, as imagens.

Muito bons mesmo seus blogs, já sou seguidor de todos! abraço e linkei seus espaços ao meu.

Everson Russo disse...

Pra você meu querido amigo, que esteve comigo nessa caminhada dos 365 dias que passaram, o meu mais sincero agradecimento e o desejo que 2010 seja de muito amor, paz, sucesso e realizações, que todos os seus sonhos se tornem reais, que esteja sempre cercado de sorrisos sinceros e abraços verdadeiros, esteja sempre na paz do Senhor Jesus... abraços fraternos e um Feliz Ano Novo a você e toda sua família.

alice disse...

caro leonardo, agradeço as suas mensagens no meu blog, sobretudo a de hoje, que é tão bonita e tão necessária, que me comoveu :) gosto de o ler e desejo que 2010 seja um ano de grandes poemas para si e para todos os que amam as palavras. o meu beijo grato e amigo*

Um Quê De Mim disse...

Obrigada querido ... Um feliz 2010 ...Repleto de boas realizações ... Muito sucesso em seus empreendimentos ... Saúde e tudo de bom ...Que não lhe falte a Bênção e Proteção Divina ... Beijos.

giramundo disse...

Oi Leonardo, obrigada por transcrever-me o "contrato de amizade". Terei o maior prazer em fazer parte dele. O que mais tenho tentado na vida tem sido não tropeçar entre as pedras que se me têm apresentado pelo caminho. A AMIZADE é realmente a mais preciosa de todas as pedras preciosas!
Que em 2010 consigamos cultivá-la verdadeiramente!
Te desejo um 2010 diamantinamente precioso!!
Um grande abraço

Gisela Rosa disse...

Belíssimo Leonardo...começando bem 2010!

sempre que nesse caminho de Ser livre
encontro muros, vejo nele um impulso de asa
pois neles imprimo um primeiro olhar



Obrigada Leonardo, o melhor dessa amizade

Vanessa Souza Moraes disse...

Logo, é preciso continuar procurando. Ou não...

Beijo.

© Piedade Araújo Sol disse...

belo poema!

bom ano! e muita inspiração!

um abraço

Cynthia Kremer disse...

Feliz ano Novo, Leonardo, adorei a sua mensagem...me emocionou bastante o que você disse! Adoro tudo que você escreve, mas esse poema acima, é especialmente belo! Toca a alma fortemente. Nem preciso te desejar inspiração, porque ela vive ao seu lado :)) de resto, desejo que seus desejos se tornem realidade!
Beijos,
Cynthia

Paloma Brezolin disse...

Muito bom , feliz ano novo , obrigado pela mensagem ,otimo texto , belas palavras , belo modo de dar sentido a palavras sem sentidos auhauh
abraço

Sill Scaroni disse...

Lindos poemas que falam dos sentimentos, sensações e da alma.


Feliz 2010 !

Elis Barbosa disse...

Fugidio o tempo de todas as coisas. Inconseqüente barqueiro, busca por aquilo que não há dinheiro que pague, nem alma que se venda: meu regente, o Tempo.

Muito bom!

Abraço,
Elis Barbosa